• Facebook
  • Twiiter
  • Instagram

Destaque

13/06/2018

Cinco mil estudantes ganham um “novo” Colégio Estadual do Paraná

O Colégio Estadual do Paraná, conhecido como CEP e considerado uma das mais importantes escolas públicas do Brasil, será reformado e modernizado com investimentos autorizados pelo Governo do Estado. A governadora Cida Borghetti assinou nesta terça-feira (12) o edital de licitação da obra orçada em R$ 20,9 milhões.

O Colégio Estadual do Paraná recebe diariamente cerca de cinco mil estudantes. “É uma obra que vai impactar a vida de milhares de alunos, centenas de funcionários e uma equipe exemplar de professores que fazem parte da comunidade escolar desse emblemático colégio do nosso Estado”, disse a governadora.

O projeto prevê a renovação das partes elétrica e hidráulica, a reforma e a modernização dos elevadores e a criação de novas adaptações de acessibilidade ao prédio. O paisagismo também será modificado para que retorne ao modelo original da edificação, tombada pelo patrimônio histórico do Estado.

Cida Borghetti lembrou que a reforma, além de melhorar a infraestrutura da escola, vai influenciar o futuro dos estudantes. “Uma nova e mais moderna estrutura vai dar melhorar as condições para o estudo, favorecendo o aumento da aprendizagem e servindo de ferramenta capaz de transformar os alunos em melhores cidadãos”, disse.

A diretora do colégio, Tânia Acco, disse que a instituição está em tratativas com a Secretaria de Estado da Educação para verificar espaços disponíveis para serem usados durante o período de reformas. “Temos já montado um esquema de logística para atender as necessidades de todos no período de reformas, A ideia é não prejudicar em nada a vida escolar dos alunos durante a realização das obras”, disse a diretora.

Histórico – O Colégio Estadual do Paraná foi inaugurado em 1846. Naquela época, era chamado de Liceo de Coritiba. Sua primeira sede foi em um espaço alugado no Largo da Matriz, atual Praça Tiradentes.

De lá para cá, passou por diversos locais, como a Rua Dr. Muricy, a Visconde de Nacar e a Rua Ébano Pereira, e teve vários nomes, a exemplo de Gymnásio Paranaense. Foi só em 29 de março de 1950 que a instituição foi transferida para a sede atual.


Leia matéria completa: Governo vai restaurar o Colégio Estadual do Paraná

Fonte: ANP/PR

Acompanhe a entrevista com a diretora do CEP, Tânia Acco:


Investimento

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.

  • Transparencia
  • pod-cast radios am fm
  • A Rádio É-Paraná comemora 61 anos.